Vocábulos - Alma do Poeta: Poetas imunes, poetas vadios

20 de out de 2011

Poetas imunes, poetas vadios

Em memória de Bosco.
Bêbados
poetas vivos
Vívidos
poetas bêbados
imunes
poetas livres
Fúnebres
poetas mortos
Imortos
poetas místicos
Lívidos
poetas gregos
Produtivos
poetas seres
Como Bosco
Da lama, em Nazí
em cada gole um sorrir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.