Vocábulos - Alma do Poeta: Entre a bússola e o tempo (espelhamento de uma poetisa)

20 de out de 2011

Entre a bússola e o tempo (espelhamento de uma poetisa)


Entrego
as partículas
do meu tempo
a minha inseparável bússola

Ida
das minhas voltas
ou
voltas
das minhas idas

Sem ela
me perco
com ela
me acho

Se
eu não me achar
alguém
me achará por mim
de preferência
que seja Regina Raggazi
tão linda e tão mulher
tão poetisa, tão talentosa
pelos seus poemas
me desnudo e me desagarro
dos vocábulos
para que sejam só seus
aí sim
de posse da poesia dela
tanto faz
estar com bússola
ou sem bússola

Para ela
sou a consumação
de todos os versos meus
para me encontrar
nos versos seus

- Se é tietagem?
- nem sei!
- se é paparicos?
- também não sei!!!
- acho que excesso de admiração.

Se Regina fosse verbo
conjugaria-a no tempo
mais-que-perfeito
e veja que tô falando
de beleza interior
no mais o espelho
falará por mim

- Regina, aceite estes versos,
foi fruto de uma avaliação minha
de você para com os poetas aqui,
enfim; é fruto do seu carisma, para
conosco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.