Vocábulos - Alma do Poeta: Eu e a lua (uma amizade nua)

6 de set de 2013

Eu e a lua (uma amizade nua)





- parte I - (da admiração)



que

seria de 

mim sem a lua


sou

como aque

la gota d'água que


es

corre na

planta saudando


a

aurora

mostrando que


Deus

está vivo e

ativo, e que não


...temos sabedoria o suficiente para compreender os prodígios Dele.


- part II (do envolvimento)


e a 

cada romper

da noite pelo arrebol


on

de minha

rêde me aguarda


douro 

meus olhos nas

gotas orvalhanas, lindas e sanas


assim

sonho por

entre os arvoredos


da

minha in

ternalizada floresta


não

sou afeito

às montanhas


mas

prefiro su

bir no topo das


ár

vores, e lá

do alto contemplar


o

crepús

culo vespertino



qual me

faz despertar 

...para o dia da noite

4 comentários:

  1. Que coisa linda seu poema meu amigo!!! Fiquei feliz com sua visita e comentários viu. Sempre bom vir aqui ler essas maravilhas que vc escreve e matar saudades. Bjsssssss

    ResponderExcluir
  2. Levo comigo a inevitável sensação de harmonia!

    ResponderExcluir
  3. fico encantada com cada verso seu primo.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.