Vocábulos - Alma do Poeta: Versos e oceanos.

12 de jun de 2012

Versos e oceanos.


Hoje
quero versos 
em vez de inspiração
fazer talvez
um samba canção
onde o mar se faça presente

Hoje
quero um ocano 
dentro de mim
aí sim!!
serei lâmina, 
na superfície aqüifera;
da imesndidão
dos sete mares

Assim sendo,
 uno
Oriente ao Ocidente,
Ásia com Oceania
e no retorno, passo no Rio
dou um beijo em Gioconda
 depois me mando
para as praias da Bahia

Para
aquebrantar  o coração
visito Dona Canô
em Santo Amaro da Puificação,
como um acarajé
sentado ou em pé
no meio da maultidão
que faz a celebração
das lavagens da  igrejas
onde as crenças se fundem,
se mesclam

...e tudo se faz liberdade
que a humanidade 
tanto almeija, 
junto com
 a paz.













4 comentários:

  1. Oi amigo, gostei do teu poema, bem alegre e viajante..rsrsrs. Poderias ter também passado aqui pelo Rio Grando Sul e ter tomado um chimarrão ou comido um gostoso churrasco, que tal? Abraços carinhosos. Suzana.

    ResponderExcluir
  2. - ka ka uma ótima idéia,poetisa querida. Vou me programar para a próxima viajem. Grato pela sua presençq e pelo carinho posto aqui deixando esta págian, colorida feito as matizes do outono e perfumada como os aromas da primavra.

    ResponderExcluir
  3. olá mano amigo passei por aqui para te dar um abraços...
    nossa como esta tudo tão lindo por aqui, feliz em ver esse blog bem
    repleto dessas preciosidades ...Grande poeta
    abraços do tamanho do céu
    Nina

    ResponderExcluir
  4. - Valeu estimado seguidor Unknown, sempre dando uma força a poesia, as portas estão abertas é só entrar. Gato parceiro.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.