Vocábulos - Alma do Poeta: Chuva e amor.

5 de jun de 2012

Chuva e amor.

Dedicado carinhosamente a Luciene Prado


Por
baixo das pontes
passam muitas águas
os segredos são mantidos 
nelas, mas nas água; não.

Olho 
para o céu
e percebo que
pluviometricamente
as nuvens estão densas,
e dissipar-se-ão sobre
a face da terra
trazendo enaltecimentos 
de vidas e mais vidas e mais vidas.

antes das
águas
se tornarem enxurradas 
 voltando para o início
de seu ciclo, com certeza
hei de encontrá-la.

Aí sim!
meu coração terá mais vida,
minha alegria se expandirá
e meus desejos...
estes vou manterem 
em segredo
até às aguas trazerem 
meu amor.

5 comentários:

  1. Que poema mais lindo e apaixonado!! Parabéns amigo. Sempre saudades. Bj carinhoso.

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais esse poema! Muito obrigada pelo carinho, meu amigo.

    Muito tenho aprendido com você, com todos. Aliás, estou aprendendo. Por aqui, o cansaço toma conta de mim, mas a certeza da amizade, da união nos dá força. Há pouco chego de mais uma assembleia, aqui em Conquista e cada vez mais a nossa luta (greve dos professores) se fortalece. No globo do seu blog não aprece mais Vitória da Conquista, mas Salvador. Essas coisas da internet. Minha Conquista não aparece...rs.

    Que encanto as águas em seu poema!

    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  3. A foto. Posse de um verdadeiro poeta. Eu, como já falei, fico poetisa lá de vez em quando. Ser poetisa não consigo. É a diferença entre ser poeta e estar poeta. Aproveitando...VIVA OS PROFESSORES GUERREIROS DA BAHIA QUE NÃO SE CURVAM DIANTE DE TANTA TIRANIA! GREVE ATÉ A VITÓRIA MAIS QUE MERECIDA!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo, lindo este poema, quanta delicadeza em suas palavras. Gostei muito mesmo. Um bom feriado e beijos no seu coração. Suzana.

    ResponderExcluir
  5. Aí Sim Hein??... meu caro Poeta!!!
    Com Amor, temos mais Vida, mais Alegria......
    Estava lendo a pouco o q disse Shakeaspeare:
    "O amor só é amor, se não se dobra a obstáculos e não se curva à vicissitudes... é uma marca eterna... que sofre tempestades sem nunca se abalar."
    Estou aprendendo também...
    Grande Abraço! t+

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.