Vocábulos - Alma do Poeta: Poesia em nome da paz.

20 de out de 2011

Poesia em nome da paz.



Hoje
         eu quero
          fazer um poema
           onde todas as nações
             estejam presentes comigo
               numa tremenda união
                 e todos em comunhão
                   vamos exaltar a paz
                     tão desejada, tão ansiada

"mesmo que eu fale
a lńngua dos anjos
e dos homens
se não tiver amor
nada valerá"  (vers. bb)

             Hoje
               quero fazer um poema
                 com força suficiente
                    de reverter a perversidade
                      que se instalou
                        no cerne da sociedade
                         e depois abominarmos a violência                      
                           tão rotineiramente desgastante
                             com atos de caridade
                               afagos e pacifismo
                                 para ver se consegue converter
                                   os corações dos maditos

            Hoje  
              quero fazer um poema
                onde a palavra chave em ações
                  é  amor
                     arrancar corações de pedra
                       e através de palavras amenas
                        remover o ímpeto de revolta
                          e dizer que o amor                  
                            é a única maneira de sairmos deste caos
                              é a única maneira de mudarmos
                                o amor é um sentimento onde reina
                                  a alegria, a paz, a compreensão
                                    o entendimento, a união...
                                      o amor faz agente perdoar
                                        faz agente querer bem

            Enfim
              que a poesia hoje
               seja mais que minha parceira
                 mais que minha amada
                   quero que ela seja
                     a minha arma pacífica
                       resgatando todo o bélico
                        e dizer para a humanidade:

                                                troque o ódio pelo amor
                                                converta a guerra em paz
                                                em vez de um desafio
                                                faça um filho
                                                num ventre sadio
                                                aí sim verás que teu ato é nobre
                                                contribuindo para uma nova sociedade
                                                consciente de que
                                                mais vale o bem do que o mal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.