Vocábulos - Alma do Poeta: Samba do orvalho

20 de out de 2011

Samba do orvalho






Ao
acordar
nesta madrugada
com a despedida
do nobre arrebol
pude sentir
um samba correr nas minhas veias

Com
a presença da alvorada
vi a gota do orvalho feito lágrima
escoando folha abaixo
feito lágrimas de emoção
e o ritmo do samba
dentro de mim me descontraindo
e eu fiquei pensando
nos movimentos daspassistas
na hora do sambódromo

Em
cada compasso
uma flor
um poema em cada passista
uma rosa
para a porta bandeira
para a bateria
daria toda primavera
descrita
pelo poeta da paz
Rogério Miranda
aí sim tudo será
só alegria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.