Vocábulos - Alma do Poeta: Dos Elementos da Natureza

20 de out de 2011

Dos Elementos da Natureza


  "Não sei se fogo
           ou se sou água"
                   (Ângela Rô Rô)
-------------------------------------------------------------------------------------

Do Ar
quero sua nuance de prambulante
e percorrer uma amplitude indimensionável
e pertencer ao universo cósmico

Do fogo
quero o lume o ardor a labareda
ser uma fonte energética, calorífica
com poder de transformar matérias
e ter o ar como parceiro

Da terra
quero sua solidez arenosa
aduba-la, criar jardins, plantar
buscar água na fonte umedecê-la
e no tempo certo colher e desfrutar

Da Água
quero seu poder místico
de ser detentora de vidas
representar a seiva planetária
e com ela forma uma comunidade

Assim sendo
formarei uma nação mundial
pacífica, ordeira, instruída e determinada
usaremos nossas inteligencia
para estabelecermos  a paz
em constante estado de alegria

A palavra de ordem será
solidariedade e humildade.
Buscaremos uma conduta fincada
entre: Leônidas, líder espartano (guerreiro íntegro)
          Salomão, pela sua sabedoria e obstinação
          Daniel, para esclarecer as profecias   
Implantaremos uma doutrina vertiginosa
entre os ideais do Cristianismo
fortalecendo o abstrato

Selecionaremo um exército
dotado de sensibilidade poéticas
difundindo famigeradamente poesia
por todos os rincões dos continentes

Aí sim veremos o quanto ela é majestosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.