Vocábulos - Alma do Poeta: Do romance: "dos encantos d'um eremita/por uma ninfeta valquíria. Tomos III e IV Tomo III - Da ninfeta valquíria

20 de out de 2011

Do romance: "dos encantos d'um eremita/por uma ninfeta valquíria. Tomos III e IV Tomo III - Da ninfeta valquíria

As valquírias é um grupo
de ciganas dos desertos
andam em cavalarias
em lugares incertos

Tem por objetivo
ensinar com primor
a entrarmos em contato
com nosso anjo protetor

No bando não se insere
homem de nenhuma etnia
a tradição é preservada
dia e noite noite e dia

Nerfênia, filha de Nerfen
ao completar maior idade
lhe é permitido passear
fora do deserto, na cidade

Ao descer do cavalo, Nerfênia
aplicou-se de ruge e carmim
no ar um fortíssimo cheiro
dum perfume chamado jasmim

É neste passeio de estréia
qu'ela conhece o eremita
e por Nefron se encanta
tanto, que o coração palpita

        Tomo IV - Dos prazeres carnais

Após a alegria do encontro
os dois montam uma tenda
no quente deserto de sonora
parte baixa de mojava (Califórnia)

Providos de água e mantimentos
dão ênfase ao que está na mente
a libido aflora como magma de vulcão
erupção de desejos, vaidosamente

Ficaram ali num clima quente
como a temperatura dos desertos
durante três dias, entrelaçaram-se
feitos dois grandes espertos

Porém, eis que repente
um barulho de cavalgadas
poeira se esplhando ao leo
sentiu, aproximar pegadas

Era Nerfen, fora resgatar a filha
uma ninfeta valquíria no cio
Nerfênia, não teve nem tempo
de dar adeus ao parceiro Nefron

E ele se viu agoniado
pelo desprezo solitário
num deserto na Califórnia
- haverá um ser solidário?

Por provisão do Divino
passava por ali, Paulo Coelho
com sua gentileza de brasileiro
transportou o eremita até o trem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.