Vocábulos - Alma do Poeta: Da série: Resgatado das trevas. I mensão

20 de out de 2011

Da série: Resgatado das trevas. I mensão


- "E ao olhar-me no espelho
         sentira que havia um grande peso
                   nas minhas costas, atentamente
                         percebi que era eu mesmo, sem vida"
----------------------------------------------------------

...Então
ao abrir a cancela
que da para a comunhão
não hesitei em fecha-la
automaticamente.

Mas,
ao abrir a porteira
que dá prá multidão
confesso, fui prá galera

No
meu convívio com a massa; descobri
que dei ênfase ao corpo
porém quase destruo minha alma.
Das nuances que a multidão oferece
o escárnio tá impregnado nas mentes
da maioria dos transeuntes
e a concupiscência é dilacerada
sustentativamente, coloando-nos
frente-a-frente com as trevas,
entretanto a vontade de descobrir o oposto (a luz)
tarda, mas aparece, permeando o nosso conciente.

Na trajetória terrena
obsediado por potestades das trevas
(ou seja; espíritos obsessores)
participamos da ceia com o diabo
(se é assim que comumente o chamam)
e aí, a avalanche de loucuras induzidas
por drogas, bebidas alcólicas, entorpecentes
e outras mazelas, passam a destruir
o que temos de melhor, afetando diretamente
o nosso espírito (condutor da matéria).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.