Vocábulos - Alma do Poeta: Carona (no vento de Auxiliadora Cavalcanti)

20 de out de 2011

Carona (no vento de Auxiliadora Cavalcanti)


"E do amor
       fiz um passeio
          para o meu êxtase"
-  .  -  .  -  .  -  .  - .  -  .  -  .  -  .  -  .  -  .  -  .  -  .  -  .

E
na asa
do teu vento
juntinho de ti
vislumbro com vigor
a contemplação
do teu eu no meu
que ao olharmo-nos
no espelho, vemos dois corpos
escrachadamente envoltos
como um laço, um laço de fita

E na asa
do teu vento
o movimento de ar
a nos tocar; feito: aliança
                              união
                              brilho
                              admiração

"Degusto teu verso
              e dele faço meu universo: pedi ao vento
                                                         nosso mais ardente beijo
                                                         e em silêncio ficar
Na asa
do teu vento
quando do sol entardecer
e a lua aparecer: sou só alegria
                            sou o principio e o fim
                            (feito Alfa e ômega)
                            enfim, sou pura emoção

- No seu mar
  és meu aquário
  no teu mar
  aquário te sou
e nesta junção
de corpos ardentes em lascívia
a áurea dos anjos a nos contemplar.

E no
leve acariciar
dos ventos
nossa nudez
não será castigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.