Vocábulos - Alma do Poeta: Versos de improviso (impulsionado por versos Vilarianos)

20 de out de 2011

Versos de improviso (impulsionado por versos Vilarianos)


Diante
do teu poema
sou sol
sou rua
sou espelho na lua

Diante
dos teus versos
sou mar
sou sal

Diante
de teu encanto vocálico
a construir enredos milenares
sou terra
soa ar
sou floresta
sou vento e
semente
a germinar
feito bolhas coloridas
no ar, intentos versos de menestrel

E
nesse embolo
de encantos
canto mil cantos
de música tão erudita
exalando essência
me embriagando
de sonhos de sonhos
onde não cabe ilusão

...Diante de ti,
o meu eu se sente grande
pela beleza que há
contida em ti.

- Márcia Vilarinho um beijo de doce emoção
estes escritos me fez crer que sou irmão gêmeo
do universo
a pegar carona contigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.