Vocábulos - Alma do Poeta: Feito Revelação

20 de out de 2011

Feito Revelação


"Saudade
    palavra triste
      quando se perde
         um grande amor" (Diz a canção)
------------------------------------------------------------------------------

Feito revelação
já não sou:  nem mistério
                  nem segredo
e tudo é luz
quando caminhamos
alegre e feliz

Porém
estes dias último
a solidão tentou me pegar,
por causa da saudade
e eu
fiquei aleatório
tudo isso
por causa da ausência de Odisséia
(meu amor ex-secreto que foi pro além)


A
saudade
é um vocábulo trissílabo
que mexe arraigadamente
com nossos sentimentos;
pois, depois que Odisséia se foi
não sei o que é comer nem dormir
pareço um sentinela
perdido no coro do coletivo

Perdi
a noção de tempo e espaço
e os dias são longíncuos
em seus ponteiros dos segundos
ainda bem que na noite há o silêncio
a nos confortar para o relax
mas, a vida continua e eu não posso
ficar estagnado, né

Não guardei nenhuma foto dela
mas guardei a última poesia, feita pra ela:
      Teu olhar
        o romper do infinito
          Teu sorriso
             o estandart da alegria
               teu andar
                 culto ao erotismo
                   teus gestos
                     uma revolução
                       teus golpes
                         impactos de ariete
                           teus sonhos
                             banalizações das utopias
                               teus pensamentos
                                 penumbra do arreobol
                                   teus ideais
                                      a luz do por-do-sol

Queria
apenas te amar...
até que o silêncio
fique maior que o ruido
até que agente consiga
ficar em paz com Deus
apenas te amar...
viajando para sempre
na luz dos olhos teus.
Apenas te amar.

(Esta última estrofe teve a participação '
na composição' de Radu; "um anjo alado entre nós")

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.