Vocábulos - Alma do Poeta: Em nome da solidariedade

20 de out de 2011

Em nome da solidariedade


 "Se o cabo arrebenta
         nem vale a oração
             o abismo é profundo
                mas,  finda  no  chão"
                    
                                 (José Alberto)
                        (Uma pequena homenagem)

- poesia feita a Maria fumaça, mas, serve de exemplo para
termos cuidados com nossos cabos, que cada um caregado
ao longo da vida, feito fardo pesado.

"  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "  "

Ainda
que eu visse
os degredados
escarnecedores
e os transgressores
famintos
e eu sendo
uma migalha de pão
me doaria para saciar
suas fomes

Ainda
que eu visse
o inimigo
a minha frente
sedento de sede
e eu8 fosse
uma gota d'água
me doaria para saciar
sua sede

Ainda
que guerras
eu visse ao meu lado
e se dependesse de mim
para dissipa-las
reverteria para a paz
(é disso que precisamos)

Ainda
que alguém
tentasse me impetrar
o ódio, repudiaria com amor
(é disso que a humanidade tá carente)

E
diante do glamour
em excesso
diante das ostentações exacerbadas
diante da obcessão materialista
a humanidade esquece de ser solidária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.