Vocábulos - Alma do Poeta: Da série: Canalizando Deus.

20 de out de 2011

Da série: Canalizando Deus.


- I epístola: "Por entre as bolas de algodão"

Dedicado ao poeta da paz (Rogério Miranda).

Há musica: nos ventos
                   no infinito
                   na eternidade
                   na morada de Deus
Então
exalte louvores
ao Rei dos Reis
Senhor dos exércitos
Ele retribuirar-te-á
com sinais de prodigios

Assim sendo
quando Ele, do alto de sua morada
por entre as bolas de algodão
te lançar um sucinto olhar
absorve-o com retidão
aí verás que jamais faltará luz
em tuas sendas, caminhos, veredas

Quando este mesmo nosso Desus
repleto de misericórdia e poder
capaz de perdoar nossos pecados
e nos glorificar sobre a face da terra
resolver te enviar um aperto de mão
aperta-a com primazia e olhe pro enlace
verás apenasmente a tua mão
então perceberás, que jamais
faltará segurança e proteção
na vida terrena

     Ao invocares Ele, e sorrires (de unção)
     a alegria vai te acompanhar, onde fores

Enfim
quando Esse Supremo ser
onipotente, onisciente e onipresente
repleto de benevolências e piedade
resolver emanar um ungido abraço
espero que estejas sob seus desígnios
aí verás que principado e potestades das trevas
não irão atrapalhar ou intervir a sua parceria
com DEUS>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.