Vocábulos - Alma do Poeta: Série: voltada para pensamentos 03

30 de mai de 2012

Série: voltada para pensamentos 03

Hoje,
trago aqui para a série de textos reflexivos,
um artigo/poema do meu amigo Radu
(Raimundo Duarte)
costumo chamá-lo de anjo-alado,
 porque ele é desses que se doa.
Uma boa leitura a todos.
..............................................................................................................................


A MATEMÁTICA DO MEU PENSAMENTO

      Após tantas reflexões, caminhadas, erros e tentativas de ser feliz e fazer os outros felizes, desscobri que a vida só pode ser compreendida olhando-se para trás, mas só pode ser vivida olhando-se para a frente.
     Olhando para trás temos que tentar superar muitas barreiras, não é fácil perdoar e esquecer quem tanto nos doamos e dedicamos, mas nunca tiveram reconhecimen-to sobre nossa pureza de intenções, "talvez elas nunca nos mereceram".
     Agente se sente  jogado fora como se fosse descartável!!!.  Ficam a experiência e as cicatrizes que de uma forma ou de outra nos deixam mais experiente e fortes.  "Muita coisa não faz sentido".  A vida não é como agente quer, mas como ela é.  Diante desta reflexão maior, passamos a superar nas marcas de uma vida vivida e olharmos novamente para frente em um eterno, frenétrico e hilariante recomeçar.
     Não sei se é o destino cigano que quer me transformar em um mutante, no fundo sempre sozinho amargando o meu próprio fel, se jogando na vida em busca de uma redenção, talvez um piloto "Kamikaze" sonhando melhores dias vindos.
     Como posso negar que minhas filhas não dependem de mim e para sempre estarão acorrentadas no meu calcanhar, talvez razão dos meus freios nesta vida de meu Deus.
     "Day after day" é assim que eu vivo, não sei se sou feliz, talvez não tenha conhecido o sentido desta palavra, mas tento passar para todos a emoção da busca deste sentimento.
     Não sou a nata do lixo nem o lixo da aldeia, sou o veneno da coragem que gira nestes imenso carrocel.

Nada vai fazer eu desisiti do amor. .................................................................

Um comentário:

  1. - Radu, este poema texto, é a reflexão de seu existencialismo, no entanto a poesia é o reflexo de nossos sentimentos, isto comprova que o que escreveste é de fato uma tremenda reflexão.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.