Vocábulos - Alma do Poeta: Conversões.

30 de mai de 2012

Conversões.



Congela
tua tristeza
a tua alegria
tá sem destreza

Dispensa
tua murmuração
ele incomoda
o karma da nação

Destrua
tuas menteiras
as verdades
são sempre bem-vindas

Corta
tua ignorância atroz
com uma navalha afiada
a mansidão precisa de nós

Se
encontrares
um ser faminto, alimente
e se tiver sede
dá-lhe água saciando-o

...Só assim
talvez
possamos resgatar
nossos verdadeiros valores humano;
face a prevalecência da desumanidade,
emplacada nas esquinas:
de cada rua,
cada bairro,
cada cidade,
cada país.
...................................

3 comentários:

  1. Lindo,Mário.
    Emocionante!!

    Elane Moreira - ACS Caern

    ResponderExcluir
  2. - Elane a poesia e o poeta egradecem sua presença, deixando um lindo comentário; as portas continuam abertas a ti, é só entrar.

    ResponderExcluir
  3. "Congela tua tristeza"... "Dispensa tua murmuração"...
    Genial chamada na atenção. Clara e sábia. Por que tem que haver tristeza se podemos congelá-la? E uma murmuração igual e sem novidade, que todos podem fazer, em todo lugar - pode-se só dispensá-la, afinal, o que ela pode mudar?
    Abraço de poesia!
    Jacqueline.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.