Vocábulos - Alma do Poeta

18 de jun de 2013


dedicado a Jerusa Almeida
com o carinho do poeta

durante 
minha vida vi passar
por mim muitas coisas, algumas deixaram
saudades, outras ficaram apenas na memória.  Muitas alegrias
eu tive, trago comigo; outras tive decepção, estas eu lancei-as aos ventos fortes

tive 
momentos de 
surpresas e estes nem sei onde 
coloquei-os porque diluiu rápido, feito efêmero
também tive momentos emocionantes e estes massagearam meu .

ego
e minha vaidade
mas não deixei-os me empolgar demais,
mas agora abro meu coração para novos sentimentos e quiçá
você esteja neste momento sendo novos ventos a me transpor para um novo lugar.

Um comentário:

  1. Boa noite meu amigo Mario Bróis!!! Que prazer vir aqui te ler.
    Vc sempre inspirado e criando lindos poemas com seus vocábulos in confundíveis.
    Vou passar mais um pouco por aqui.
    Receba o meu abraço carinhoso.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.