Vocábulos - Alma do Poeta: Tarde sem crepúsculo

31 de ago de 2013

Tarde sem crepúsculo


ao
abrir
meus olhos,
ouvidos e minha men
te para a poesia, me senti no to
po de uma montanha, uma emoção tamanha

ao
lançar
meus olhos
com amor e ternura
para a poesia; ah!!! Que prazer
estonteante sinto a todo instante dentro de mim

pois
assim como
Cristo contemplou um
vale de lírios, assim sou eu diante
da poesia, em cada verso que em inspiração

i
r
r
a
d
i
a
.
Exibições: 17

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.