Vocábulos - Alma do Poeta: Onde a beleza reside

12 de mar de 2012

Onde a beleza reside


Este poema, 
podemos compará-lo
a garota de Ipanema, porque o Vinicius de Morais
o compôs ao ver Helô Pinherio
passeando prá lá e pra cá; assim o fiz
com este poema dedicado e inspiradoem Andréia
ela trbalha aqui na mesma espresa que eu, e ao vê-la passando
pude perceber o quanto a natureza é dotada de prodigiosidade.
Não tive coragem de pedir uma foto sua
para inir como imagem junto com o poema, mas pedi autorização a ela 
para posta-lo. Desejo a todos uma boa leitura.
..................................................................................................................................................

Ao 
observar
a beleza
que te segues,
ao andares,
sinto uma áurea de Deusa medieval
suntuosamente estonteante;
uma beleza 
aliada a natureza.

Ao 
obervar
seu sorriso,
percebo o quanto
a alegria em ti
é algo majestoso.

Diante
de sua beleza;
as estrelam sorriem e brilham mais,
o sol fica mais iluminado,
e a lua  nostálgica que é 
fica toda faceira
a quere contempla-la,
os seres humanos ficam 
com olhares mais atentos.

Diante 
de tua pródiga beleza
onde a natureza esculpiu-a
para seres assim: 
bonita irradiantemente.

......................
Do poeta Mário Bróis com carinho e afeto.

8 comentários:

  1. Linda homenagem a eterna musa Helô Pinheiro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Todo o bom poeta, tem uma sempre uma bela musa...

    ResponderExcluir
  3. - Lucine, vc confundiu, a musa do Vinicius é Helô Pinheiro, no meu caso não há musa há uma pessoa que achei bonita no jeito de ser e de andar, e aí passei para o papel, não tenho nem intimidae com ela, mas com a beleza dela sim, porque é exposta, a beleza de andréia é exteriorizada, qualquer pessoa pode acha-la bonira e gardaer consigo, eu não guardei; passei para o papel em forma de vocábulos e poesia. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. - Estimada Sônia, fico grato e feliz com sua presença, iluminando o poema, e encorajando-me a continuar escrevendo. Grato.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Fico muito lisonjeada com o poema!! Um belo presente que muito me alegra =D

    ResponderExcluir
  7. Amigo, a mulher sempre é envolvente, seja ela quem for ou o que faz...e se estiver na nossa vida, melhor será, pois então, lindas poesias virão !!! Um abraço carinhoso desta amiga.

    ResponderExcluir
  8. - Fico sem palavras para contigo, pelo grau de felicidade, da sua presença sempre e sempre para comigo. Palavras doce de um adoce poetsia, estive em seu blog, mas enfim não emplaquei o comentário por problemas com minha senha, mas já tou revendo, grato por mais uma participação marvilhosa. Mário Bróis.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.