Vocábulos - Alma do Poeta: Em busca da alma gêmea

15 de fev de 2012

Em busca da alma gêmea



Na 
expectativa
de encontrar-te
percorri milhas e milhas
de suas pegadas
e na curva do planeta
retornei desiludido

Na 
ansiedade de cheirar-te
inalei todos os perfumes 
(ao meu alcance)
mas nenhum 
tem o aroma 
igual ao seu

Na 
ilusão de abraçar-te
tornei-me parceiro dos ventos
percorremos todos os continentes
 e retornamos 
sem êxito

Já 
não há mais em mim
expectativa nem ilusão
há sim um olhar na multidão
no desejo de encontrar
minha alma 
gêmea
.....................................................................................
...Bróis...

7 comentários:

  1. Lindo poema, onde parece que infinitos sentimentos ficam rodeando as palavras. Eles se entreolham, se entendem, se calam e o resultado são versos e mais nobres versos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá, querido amigo Mário! Muito lindo! Versos de um poeta que se revela com muita emoção, sensibilidade e talento, como sempre... Parabéns, meu brother! Gostaria de ter a gentileza do seu comentário incomfundível, na minha ultima postagem que achei legal pra caramba! Obrigada, Beijão de Irene

    ResponderExcluir
  3. isto sim é um lindo poema de amor. gostei

    ResponderExcluir
  4. Em busca do verdadeiro amor corremos o mundo na tentativa de encontrar-mos nossa alma gêmea e ficamos tristes e desiludidos quando não achamos. Mas, a vida é assim, um eterno aprendizado. Beijos no teu coração. (EU)

    ResponderExcluir
  5. - o poeta agradece todos que comentaram, com certeza escritos com todo carinho.

    ResponderExcluir
  6. Perfeito! Lindo! Maravilhoso! Aplausos e mais aplausos amigo. Bj fraterno

    ResponderExcluir
  7. Que bonita poesia! Uma busca poética e verdadeira. Abraços.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.