Vocábulos - Alma do Poeta: Caminho de luz (dialogando com Deus)

9 de fev de 2012

Caminho de luz (dialogando com Deus)


Nem 
que todos 
os raios do sol,
desapareçam;
...és minha luz
de geração a geração
de eternidade a eternidade.

 Nem 
que o tempo
pare, e eu
não adormeça;
teu templo será
minha morada
(um tremendo abrigo)

Nem 
qu'eu me perca
de tuas trilhas estreitas
tuas mãos me resgatará
e eu, olharei dentro
dos teus olhos ungidos,
resplandecente, transparente,
radiantemente;
e seguirei teus passos
(tua palavra)

..................Bróis...............

6 comentários:

  1. Que poema maravilhoso! A Ele devemos entregar tudo que temos, sem tomar de volta, pois de tudo Ele cuida com perfeição. Deus o abençoe.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo, maravilhoso poema!
    Muitos beijinhoss de luz xD

    ResponderExcluir
  3. - Duas presenças feito presentes, não de papai noel e sim papai do céu.

    ResponderExcluir
  4. Uma oração que faz o começo do dia muito especial, pois tudo ficará mais fácil de agora em diante. Beijossss
    Irene

    ResponderExcluir
  5. - Irene estimada poeta, tô aqui só alegria, uma presença inesquecíval de muitas visitas que virão. Grato

    ResponderExcluir
  6. Mário, Recebí um comunicado de que este email não chegou até você. Estou repetindo. Irene

    Meus Blogs: http://iduarth.blogspot.com/

    http://iduart-tudoverde.blogspot.com/

    Mário, aqui estou enviando os links dos meus blogs. Já ia cobrar de você uma visita, pois já fiz dois comentários no seu.
    Há outros modos de entrar: no meu perfil da Casa tem estes links que estou enviando acima..
    Qualquer dúvida, fale comigo aqui (email) ou onde achar melhor. Beijo no coração.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.