Vocábulos - Alma do Poeta: Jac uma poetisa sorridente

24 de abr de 2012

Jac uma poetisa sorridente


Ela,
além da beleza
que há, na expressão fisionomica,
há uma beleza maior
reservada dentro de sua alma
a beleza de poetisa
qu'ela carrega consigo

Seus
poemas
são como girassóis, 
um pêndulo disrtribuindo
simpatia e chamando a atenção
dos olhares de degustadores de vocábulos,
ou leitores atentos.

Ela
é uma poeta doce menina
porque escreve com carisma
e humildade;
a poetisa que habita sua alma
faz parte das sete maravilhas do mundo
é o sobrenatural se mesclando com o natural

Esse
encômio
dedicado a ela
é uma surpresa
uma amiga que nunca
vi aborecida
toda hora Jac tá sorrindo
aliás ela sorri com a alma
e o espírito regozija-se.




5 comentários:

  1. Obrigada, Mário! Fiquei surpresa com a poesia, muito obrigada. Fiz citação da poesia no meu blog, veja:
    http://ahpoesia.blogspot.com.br/2012/04/direto-do-equador-das-coisas.html
    Um abraço e venha sempre que quiser!

    ResponderExcluir
  2. Mário é tão querida que eu ainda não consegui escrever um poema ao nível que ela merece!
    Sinto-me muito Amigo dela e admiro muito a sua Poesia! Uma Poeta predilecta No caminho das emoções!

    Abraço do ZÉ

    Beijooo Jac do ZÉ

    ResponderExcluir
  3. Olá, olha eu aqui estreando os comentários no seu blog e de cara essa linda homenagem a poetisa que admiro tanto, pelo talento, pela simpatia, pela poesia...
    Parabéns Mario, seu blog é lindo!
    Su

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Tio,Seu Blog Estar Magnífico... Estou Pensando Em Fazer Um Para Mim,
    Isso É De Família,As Vezes Eu Escrevo Algumas Coisas,Mais Nada Que Se Compare Com O Que O Senhor Escreve ! Parabéns

    ResponderExcluir
  5. - Luan, agora que percebi seu comentário, fico feliz em ver sua presença aqui, Deus te proteja e volte sempre , as portas estão abertas.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.