Vocábulos - Alma do Poeta: Felicidade.

2 de jul de 2012

Felicidade.



Não
conheço
os limites do infinito
mas conheço
na palma da mão
os segredo
de uma união

Fogo
jamais irá
se unir com água
mas paixão
combina com amor

Oxigênio
alimenta fogo
e os ventos
alastra-o
assim é o amor,
 puro,em sua
 essência

Isso mesmo
falo do amor
que provoca  logo
no olhar uma ereção
uma mão na outgra mão
abraços de dois corpo
em um.

2 comentários:

  1. Poeta... que versos lindo!! Grande abraço,_______________LL

    ResponderExcluir
  2. Felicidade só quem sente pode expressá-la. Gostei meu amigo. Abraços!!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.