Vocábulos - Alma do Poeta: Doarei meus pés...

25 de nov de 2011

Doarei meus pés...

 
"Tão 
longe do chão
serei teus 
pés"
Diz uma canção cantada por Paula Fernandes 
...................................................................................................................................................


Sim!
doarei meus pés
para os peregrinos
que pregam o evangelho

Sim!
doarei
meus pés
para um eremita
mesmo enclausurado 
na sua solidão 
porém, faz dela 
uma contemplação

Sim!
eu vim a terra 
para quebras as algemas
do conservadorismo
falo e grito
abaixo as abominações desmerecidas
infeliz de quem fere
com covardia, 
com mentira, 
 vulgaridade
e falsidade

Sim, grito
e daí.  Os verbos sou eu quem os uso
devidamente
pode crer
vim para descontemplar
as imposições
desconectar do humano
os impostores
implatando no nosso cerne
horrores
- é isto mesmo mano!
desestabilizar os reacionáriose
usar dos vocábulos 
como quem faz amor (prazer total)

Sim, e daí
se meu poema fere
essas feras retrógradas
habitando onde não devem
e fazendo da suntuosidade 
uma humilhção aos humildes

Tudo
neste país é sinônimo
de prisão, por isso
tanto advogado ladrão
(claro, toda regra tem exceção)
- Se existe bons advogados?
- Claro que existe!!
um exemplo digno é Alceu Valença
largou a carreira de direito
porque sentiu-se mal
ao ser pago
para defender o erro

Aí sim!
é atitude

Contemplaremos
pelas mãos de Deus
os que merecem abominação
ou seja 
o ranger dos ímpios
irá abalar 
as esetruturas
do inferno

Um comentário:

  1. querido Mário,
    ler teus versos sempre desperta emoções variadas..
    e perfeitas!
    beijos perfumados..

    ResponderExcluir

Obrigado por sua presença aqui no meu espaço de poesia e alegria.